Dia A Dia Da Economia - Míriam Leitão

Sinopse

Análise diária dos principais fatos da economia com uma das mais importantes e influentes jornalistas do país.

Episódios

  • O tamanho do desemprego ainda não está totalmente visível

    'O tamanho do desemprego ainda não está totalmente visível'

    03/07/2020 Duração: 11min

    Míriam Leitão faz um resumo dos principais assuntos da semana. Um dos destaques é o dado do desemprego que deu 12,9%. 'O desemprego vai ficar mais visível quando a situação melhorar e as pessoas puderem sair para procurar emprego, momento em que elas entram na estatística'. Por enquanto, a verdade é vista pelos dados laterais.

  • Governo terá que enfrentar suas próprias contradições para recuperar economia

    Governo 'terá que enfrentar suas próprias contradições' para recuperar economia

    03/07/2020 Duração: 07min

    Míriam Leitão comenta que governo terá que pagar dívida pública 'gigante' após pandemia para garantir algum nível de confiança nos investidores. Na análise dela, situação só poderá ser resolvida com um planejamento de longo prazo e interlocução com o Congresso, coisas que o governo Bolsonaro tem dificuldade em fazer.

  • As Forças Armadas são órgãos de Estado politização tem atrapalhado imagem dos militares

    'As Forças Armadas são órgãos de Estado'; politização tem atrapalhado imagem dos militares

    02/07/2020 Duração: 08min

    Miriam Leitão analisa o papel das Forças Armadas em um regime civil, democrático. Ela conta que conversou com alguns militares para saber de que forma eles estão atuando em meio à pandemia. Trinta e quatro mil militares estão mobilizados pelo Brasil para no combate à doença. Míriam detalha algumas ações realizadas pelos militares, entre elas, a descontaminação de espaços públicos com tecnologia própria, repatriação de brasileiros, mobilização de médicos militares para áreas mais carentes, distribuição de quentinhas nas estradas para motoristas.

  • Bolsonaro em nenhum momento quis ser presidente de um país em crise

    'Bolsonaro em nenhum momento quis ser presidente de um país em crise'

    02/07/2020 Duração: 06min

    Míriam Leitão faz um balanço das ações do governo para conter impacto econômico da pandemia. Para ela, principal falha foi a falta de liderança. 'Presidente colocou todo tipo de obstáculo a uma coordenação nacional', afirma. Míriam destaca, ainda, que governo acertou em medidas como o auxílio emergencial, mas errou, por exemplo, nos programas de crédito às empresas.

  • A mistura de política social com a politização dá sempre errado

    'A mistura de política social com a politização dá sempre errado'

    01/07/2020 Duração: 09min

    Míriam Leitão fez uma análise do anúncio da prorrogação do auxílio emergência. Os ministros Onix Lorenzonni e Paulo Guedes fizeram um discurso politizado. Miriam destaca que 'todo perigo é quando você passa a usar isso para alavancar um político ou a recuperação de popularidade, o que está implícito nas questões'. Sobre a parte técnica, a questão ficou confusa. Ela destaca a necessidade de alguém na equipe que entenda de política social.

  • É preciso saber como fazer para atingir o objetivo

    'É preciso saber como fazer para atingir o objetivo'

    01/07/2020 Duração: 06min

    Míriam Leitão analisa as medidas que o governo federal pretende adotar em relação a novos programas sociais, como é o caso do 'Renda Brasil'. Ela acrescenta que, para dar certo, primeiro é preciso chamar quem entende de política social. 'Na equipe econômica não tem ninguém que entende de política social'.

  • É uma devastação no mercado de trabalho

    'É uma devastação no mercado de trabalho'

    30/06/2020 Duração: 07min

    Míriam Leitão fala sobre números do desemprego divulgados pelo IBGE. Especialistas dizem que o desemprego vai aumentar nos próximos meses e vai ficar mais forte no terceiro trimestre. Segundo Míriam, o governo deveria ter feito o trabalho completo: permitir a flexibilização para manter os empregos e socorrer as empresas. Ela acrescenta que, na hora de socorrer as empresas, o governo foi muito ineficiente.

  • Resultado de eleição municipal na França afeta diretamente relação com o Brasil

    Resultado de eleição municipal na França afeta diretamente relação com o Brasil

    30/06/2020 Duração: 06min

    Após ascensão do Partido Verde francês em eleições municipais no país europeu, o presidente Emmanuel Macron teve que adaptar seu plano de governo para tornar a economia da França mais sustentável. Ao fazer isso, Macron também falou contra o acordo comercial entre União Europeia e Mercosul, já que Brasil não tem adotado políticas de preservação ambiental. Para Míriam Leitão, resposta do governo brasileiro aos questionamentos de outros países têm complicado ainda mais a situação.

  • As irregularidades escancaradas no pagamento do auxílio emergencial

    As irregularidades escancaradas no pagamento do auxílio emergencial

    29/06/2020 Duração: 10min

    Várias irregularidades no pagamento do auxílio emergencial foram denunciadas no final de semana pela imprensa. O Globo e a RBS TV mostraram que até políticos com renda superior a R$ 1 milhão receberam. ‘É revoltante o que estas duas matérias trazem. Ao fazer cruzamento de dados, O Globo mostrou que 136 pessoas com patrimônio alto receberam o dinheiro’. Há todo tipo de irregularidade, de servidores presos a empresários de médio porte. 'Até a Márcia, mulher do Queiroz, recebeu'.

  • Aumento do salário de militares em meio à pandemia é difícil de explicar

    Aumento do salário de militares em meio à pandemia 'é difícil de explicar'

    29/06/2020 Duração: 06min

    Apesar de o governo ter proposto um projeto que impede aumento de salários para servidores, membros das Forças Armadas vão passar a receber mais dinheiro com o aumento do valor de auxílios. Míriam Leitão comenta que não é hora de aumentar despesas e afirma que falta transparência na decisão que beneficia os militares. Militares terão aumento de salário 'é difícil explicar' Isso é o governo contornando ele memso

  • Uma semana de novo ministro, pressão ambiental e de alerta com alto nível de desemprego

    Uma semana de novo ministro, pressão ambiental e de alerta com alto nível de desemprego

    26/06/2020 Duração: 12min

    Num apanhado de mais uma agitada semana na política e na economia do Brasil, Míriam destaca a pressão dos grandes fundos investidores ao governo brasileiro. O grupo mandou carta aos embaixadores dizendo que podem deixar de investir no país caso não se mude a política ambiental. Ela ainda fala da pesquisa do IBGE, feita por telefone, que mostra que o cenário do mercado de trabalho é assustador, com 33 milhões de pessoas desempregadas. Mais: proibição pelo STF do salário de servidores, o marco regulatório do saneamento básico, nomeação do novo ministro da Educação, entre outros pontos, no resumo da semana.

  • Ministro Luiz Eduardo Ramos se despede da ativa em carta aos militares

    Ministro Luiz Eduardo Ramos se despede da ativa em carta aos militares

    26/06/2020 Duração: 06min

    Míriam Leitão fala sobre a decisão do ministro de deixar a ativa em 1º de julho e entrar na reserva. Ele disse que ficar no serviço ativo 'era prejudicial ao Exército'. Míriam destaca que é uma atitude importante de tentar reduzir o grau de tensão. 'Ele era o vínculo mais forte entre as tropas e uma ação política no governo'.

  • Faltou ao STF entender que esse é um momento diferente

    'Faltou ao STF entender que esse é um momento diferente'

    25/06/2020 Duração: 09min

    Míriam Leitão analisa duas decisões importantes do STF envolvendo a Lei de Responsabilidade Fiscal. O STF definiu que, no caso, servidores públicos não podem ter salários reduzidos, enquanto trabalhadores da rede privada, em algumas situações, tiveram parte da renda cortada. Míriam destaca que os ministros podiam interpretar que, no momento da pandemia, com o país em calamidade, as regras são outras. 'No momento de consagrar essas desigualdades do Brasil, evidentemente que o STF errou'.

  • Supremo estabelece uma casta para a qual a pandemia não chega

    'Supremo estabelece uma casta para a qual a pandemia não chega'

    25/06/2020 Duração: 07min

    Míriam Leitão avalia que 'Supremo tomou decisão infeliz' ao determinar que servidores públicos não podem ter redução de salário em meio à pandemia. Ela destaca que esses servidores acabam recebendo um tratamento desigual ao terem seus salários preservados, já que trabalhadores da iniciativa privada tiveram renda diminuída e cerca de 9,7 milhões de informais ficaram sem renda alguma. 'Brasil é uma fábrica de desigualdades', comenta.

  • Não se pode usar o capital para estimular o desmatamento

    'Não se pode usar o capital para estimular o desmatamento'

    24/06/2020 Duração: 10min

    Miriam Leitão comenta a nova onda de pressão para as questões ambientais no Brasil. Primeiro, foi a posição de organismos internacionais, que criticaram a nossa política ambiental. Agora a pressão é interna. Em um evento da Febraban, dois banqueiros - do Bradesco e do Itaú - bateram nessa tecla. 'Presidente do Itaú disse que o maior problema econômico hoje é ambiental'. Mas o que aconteceu para, de repente, o mundo do capital só falar em meio ambiente? Míriam analisa.

  • BC precisa explicar por que medidas para combater crise ainda não funcionaram

    BC precisa explicar por que medidas para combater crise ainda não funcionaram

    24/06/2020 Duração: 06min

    Ontem, o Banco Central anunciou medidas para liberar cerca de R$ 270 bilhões em crédito para pequenas empresas e famílias. Para Míriam Leitão, essa é a primeira atitude do governo para ajudar empreendedores que pode, de fato, funcionar. No entanto, ela destaca que autoridades 'estão falhando' até agora no socorro aos pequenos negócios.

  • A política ambiental do governo Bolsonaro é um tiro no pé da economia

    'A política ambiental do governo Bolsonaro é um tiro no pé da economia'

    23/06/2020 Duração: 07min

    Míriam Leitão analisa a ata do Copom, divulgada hoje pelo Banco Central. Ela destaca pontos do documento, que trata, entre outras coisas, do limite da queda da taxa de juros e a aversão ao risco. Míriam destaca que a perspectiva do Banco Central só vê a questão econômica. Mas, ela chama a atenção para outra questão. 'O que hoje determina a direção do investimento é outro tipo de exigência, como ambiental'.

  • Questão ambiental não é mais briga com ONGs, agora é briga com o grande capital

    'Questão ambiental não é mais briga com ONGs, agora é briga com o grande capital'

    23/06/2020 Duração: 07min

    Nos últimos dias, fundos de investimento estrangeiros demonstraram preocupação com a questão ambiental no Brasil. Míriam Leitão destaca que embaixadores e governo não deram respostas satisfatórias aos investidores e explica que políticas ambientais equivocadas podem provocar graves prejuízos ao país. 'Quando o governo passa essas mensagens, ele afasta o melhor capital, que está disponível para nos ajudar na reconstrução', afirma.

  • O novo mundo da Economia e do Direito no pós-pandemia

    O 'novo mundo' da Economia e do Direito no pós-pandemia

    22/06/2020 Duração: 10min

    Míriam comenta a live realizada pelos jornais O Globo e Valor sobre o futuro do Judiciário no pós-pandemia. Participaram o ministro do STF Luis Fux, o secretário da Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Junior; o presidente do TJ-RJ, Claudio Tavares; e o presidente do TRT da 1ª Região, José da Fonseca Junior. Muitos paradigmas das relações de trabalho, por exemplo, serão modificados. O mesmo vale para planos de saúde, aluguéis e mensalidades escolares, por exemplo. Fux defendeu, entre outros pontos, diálogo entre Direito e Economia para todos darem conta dessa nova realidade.

  • Setor de saneamento precisa de mais investimento, desempenho e competitividade

    Setor de saneamento precisa de mais investimento, desempenho e competitividade

    22/06/2020 Duração: 06min

    Na quarta-feira, o Senado deve votar um novo marco regulatório para o saneamento básico no país. No entanto, vários líderes partidários pedem que a discussão seja adiada até a retomada das atividades presenciais no Congresso. Na análise de Míriam Leitão, questão do saneamento é urgente e aprovação do marco pode levar a um 'círculo virtuoso' de investimentos e melhorias na área.

página 1 de 2

Informações: