Os Sonetos Completos

Teste agora Após 7 dias, será cobrado valor integral. Cancele quando quiser.

Sinopse

Antero de Quental foi a figura central da Geração de 70, responsável pelo início da poesia moderna, a partir da maior polêmica literária de Portugal, conhecida como "Questão Coimbrã". Destacando-se não apenas como poeta, mas também pelos seus ensaios filosóficos e literários, e na luta por ideais de liberdade e justiça social, Antero de Quental teve uma vida pública intensa e apaixonada, e deixou uma obra jornalística e literária de grande volume e valor. A obra intitulada Os Sonetos Completos foi pessoalmente organizada pelo autor em 1886.

Capítulos

  • 01 - Ignoto Deo

    Duração: 01min
  • 02 - Lamento

    Duração: 53s
  • 03 - Poz-te Deus sobre a fronte a mão piedosa

  • 04 - A Santos Valente

  • 05 - Tormanto do Ideal

  • 06 - Aspiração

  • 07 - Se comparo poder ou ouro ou fama

  • 08 - Psalmo

  • 09 - No céu, se existe um céu para quem chora

  • 10 - Se é lei, que rege o escuro pensamento

  • 11 - Só! - Ao ermita sozinho na montanha

  • 12 - Sempre o futuro, sempre! e o presente

  • 13 - Por que descrês, mulher, do amor, da vida?

  • 14 - Não me fales de glória: é outro o altar

  • 15 - Só males são reais, só dor existe

  • 16 - Não busco n'esta vida glória ou fama

  • 17 - Ad amicos

  • 18 - A um crucifixo

  • 19 - Desesperança

  • 20 - Beatriz

página 1 de 5