Crônicas Do Fim Do Mundo

Crônicas Do Fim Do Mundo

Sinopse

E se as histórias secretas de pessoas aleatórias fossem reveladas?"Crônicas do Fim do Mundo" é um projeto que constrói narrativas curtas com um toque de suspense noir.Escrito e produzido por Caio Salgado. Leia essas e outras crônicas no Medium, acessando o link: https://goo.gl/tIGy6pComentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado.

Quem ouviu esse, ouviu também:


Episódios

  • [S01E07] Um Homem Normal
    [S01E07] Um Homem Normal
    Duração: 03min | 28/10/2015

    O episódio "Um Homem Normal", de "Crônicas do Fim do Mundo" foi produzido por Caio Salgado. Comentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado. Leia essas e outras crônicas no Medium. Acesse o link: goo.gl/tIGy6p Transcrição Sete horas. Estaciono meu carro absolutamente normal em frente à padaria. Eu sou uma pessoa convencional, daquelas que gostam de pãezinhos quentes com manteiga e café com leite servidos em copos americanos. Quem me observa, sentado no balcão e tomando meu café, vê um indivíduo comum, com contas para pagar, plantinhas para regar e um trabalho banal, que vai sugar minha energia e me levar a uma aposentadoria medíocre. Quando eu tinha oito anos, vi uma menina, mais ou menos da minha idade ser atropelada. Ela pediu ajuda. O motorista pediu ajuda. A única coisa que consegui fazer foi ficar ali, parado, observando suas últimas expressões, seus gemidos de dor. Não sei se a menina entendia toda a vida de alegrias, festas, sofrimentos e normalidades

  • [S01E06] A Garçonete
    [S01E06] A Garçonete
    31/08/2015

    O episódio "A Garçonete", de "Crônicas do Fim do Mundo" foi produzido por Caio Salgado. Comentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado. Leia essas e outras crônicas no Medium. Acesse o link: goo.gl/tIGy6p Transcrição Há erros que não podem ser cometidos... Nunca acreditei em sorte, ou nas oportunidades que a vida dá. Mas eu não sou a melhor pessoa para contar histórias de sucesso. Afinal, gente como eu nasce para servir e se aproveitar, como ratos, dos restos que animais superiores deixam cair pelos cantos. Esses restos compram a nossa fidelidade. O medo de perdermos a relação de comensalismo que nos mantém nos leva a fazer tudo o que o grande animal ordena. De comprar docinhos para o aniversário de sua avó a seguir garçonetes, que saem do trabalho carregando sacos de papel que não deviam estar mal escondidas por baixo de um sobretudo. A cafeteria, que agora é uma cena de crime, abriu suas portas para mais pessoas durante o dia do que recebe clientes em uma

  • [S01E05] Inocente
    [S01E05] Inocente
    11/08/2015

    O episódio "Inocente", de "Crônicas do Fim do Mundo" foi produzido por Caio Salgado. Comentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado. Leia essas e outras crônicas no Medium. Acesse o link: goo.gl/tIGy6p Transcrição Dia três mil, seiscentos e um. É meu aniversário. Eu ganhei uma nova goteira. A água podre que escorre do encanamento dos andares de cima se acumula e vai formando uma poça no chão de concreto batido. A água toma conta do cubículo onde passei os últimos anos. A única saída é feita por uma porta de ferro, pesada e enferrujada. Não existem janelas, apenas uma pequena entrada de ventilação, que empurra o ar quente para esse espaço, pequeno e úmido. Mal posso ficar de pé ou me deitar na cama de concreto, construída junto à parede lateral. E é lá que fico por horas. Não posso dizer que não tenho contato com o ambiente externo. Duas vezes por dia, me alimentam com uma ração malcheirosa e um pouco de suco ralo. Um guarda bate à porta e eu tenho alguns seg

  • [S01E04] Sobre Confiança
    [S01E04] Sobre Confiança
    Duração: 04min | 12/07/2015

    O episódio "Sobre Confiança", de "Crônicas do Fim do Mundo" foi produzido por Caio Salgado. Comentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado. Leia essas e outras crônicas no Medium. Acesse o link: https://goo.gl/tIGy6p Transcrição Boa tarde. Tudo bem? Para onde a gente vai? Você está confortável? Se importa se eu ligar o som? Eu adoro essa música. Dá uma sensação de tranquilidade. De paz. Eu estava pensando nisso um dia desses. Não, não em paz. Nos sentimentos. Queria descobrir qual deles é o mais importante. O que você acha? Qual o mais forte deles? O amor? O ódio? O medo? Você pode até ter a sua opinião. Ela pode até ser diferente da minha. Para mim tanto faz. Até o fim da nossa conversa, vamos estar na mesma página. O mais sólido dos sentimentos é, sem dúvida, a confiança. Quando a sua mãe se casou com seu pai – se é que eles se casaram - e decidiram morar juntos, todos falam que a decisão é motivada por amor. Entretanto, antes que sua mãe tivesse que la

  • [S01E03] Déjà Vu
    [S01E03] Déjà Vu
    27/06/2015

    O episódio "Déjà Vu", de "Crônicas do Fim do Mundo" foi produzido por Caio Salgado. Comentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado. Leia essas e outras crônicas no Medium. Acesse o link: https://goo.gl/tIGy6p Transcrição Você já teve um déjà vu? Se não teve, vai ter. A sensação de “isso já aconteceu comigo antes” ocorre devido a uma falha do nosso cérebro, que identifica cenários parecidos e diz que estamos revivendo a mesma situação. É exatamente essa a impressão que estou tendo agora, ao subir as escadas estreitas de um edifício histórico. O que, nesta cidade, significa um motel caindo aos pedaços e fedendo a mofo. No segundo andar, um aglomerado de policiais cerca uma das portas. Uma fita amarela separa os legistas dos curiosos, ávidos por registrar alguma coisa e obter um mórbido sucesso publicando tudo. Um guarda me identifica e eu não preciso mais me espremer por entre suor e perdigotos. A luz do início da manhã, parcialmente barrada pela persiana, ilu

  • [S01E02] No Café
    [S01E02] No Café
    12/06/2015

    O episódio "No Café", de "Crônicas do Fim do Mundo" foi produzido por Caio Salgado. Comentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado. Leia essas e outras crônicas no Medium. Acesse o link: https://goo.gl/tIGy6p Transcrição A cafeteira apita com o vapor de água. A única garçonete em serviço deixa uma xícara cair e se despedaçar no chão. Um senhor se assusta e derruba metade de seu expresso. No fundo do estabelecimento, à penumbra, estou eu, olhando diretamente para a porta de madeira, que não se move. O meu pedido chega. Café preto, sem açúcar. É o momento de esquecer o cheiro de esgoto que toma a cidade e me debruçar em 200 mililitros de calor e amargor. Eu engulo a bebida fervente enquanto olho para a porta, imóvel. O Café dos Andes já foi o melhor do Estado. A pequena entrada, hoje escondida por anúncios de apresentações de strip-tease, atraía turistas interessados em conhecer o pequeno oásis com aroma de café no meio da avenida mais movimentada da cidade. M

  • [S01E01] Próxima Partida (piloto)
    [S01E01] Próxima Partida (piloto)
    30/05/2015

    O episódio "Próxima Partida", de "Crônicas do Fim do Mundo" foi produzido por Caio Salgado. Comentários, críticas e sugestões: caio@chsalgadofoto.com.br ou pelo Twitter: @chsalgado. Leia essas e outras crônicas no Medium. Acesse o link: https://goo.gl/tIGy6p Transcrição A chuva começa a cair lentamente. Eu a permito molhar meu sobretudo. Uma ou duas gotas caem sobre o pequeno tíquete de papel. Eu leio o meu destino e vislumbro o futuro, longe de tudo o que construí, longe de tudo o que eu sou. Na mochila: objetos genéricos e roupas compradas em lojas de conveniência baratas. Na mente: nada. Meu corpo está anestesiado. Uma poça d’água provoca a única sensação que sou capaz de ter, ao encharcar a palmilha do meu tênis. Faltam quinze minutos e, se você soubesse de verdade tudo o que passei, acharia um absurdo eu estar sentado nesse banco de madeira sob a chuva. Porém, nada importa desde que seus olhos verdes deixaram de piscar ao meu lado. Eu vim de longe, e para mais longe irei. Desembarcar exatament

Informações: